Archive Page 2

Pronto, surtei e te julguei mal!

opsididitagain1

Porque sentimos tanto prazer em julgar as pessoas? Você pode não ter pensando nisso ou percebido, mas se fosse algo tão banal, já teríamos parado com isso faz tempo!

Esse prazer quase orgásmico é a origem de guerras, religiões, vizinhas malas e fakes no orkut em redes sociais. Adoramos ficar sabendo o que está acontecendo com outros, para, nem que seja por pensamento, julgar a criatura. Existe até profissão regulamentada para executar o feito! Já pensou em ser padre? Você escuta confissões, julga e dá penitencias em nome de deus claro.

O pior julgamento que podemos fazer é com base nas primeiras impressões. Quantas vezes você já não se surpreendeu fazendo isso? Positivamente e negativamente claro! A namorada que nunca faria aquilo com você, o curso que salvaria sua carreira e pessoas que você não admite a existência. Subestimar e superestimar. Eu tenho muita experiência nisso e mesmo assim não aprendo. Continuo a me basear nas primeiras impressões, é como brincar num jogo de sorte, será que essa vez eu acertei? O que importa é que sempre erro. E ai, já está me julgando?

Anúncios

Pronto, surtei! Insônia Criativa

insonia_criativa

Sou uma pessoa tipicamente noturna, não porque escolhi, simplesmente porque acostumei, sem querer admito, a fazer tudo de madrugada. Durante a escola, por estudar de manhã, fazer milhares de coisas de tarde e só restar a noite para estudar. Durante a faculdade, por estagiar durante o dia, fazer o curso durante a noite e só sobrar a madrugada para fazer qualquer coisa.

Bem, não importa ao certo o motivo, vejo muita gente reclamando de sua insônia, muitas vezes sempre é um problema, pois no outro dia você acorda quebrado, mas quase nada me deixa mais satisfeito do que minha insônia criativa! Adoro acordar cheio de idéias e vontade de produzir, mesmo ultimamente faltando o que fazer, é deliciosa essa sensação capitalista de não estar parado e saber que seu cérebro possui sinapses suficientes para gerar e armazenar novos conteúdos além novas formas de se expressar.

Pena que na agência não me deixam trabalhar de madrugada, não sabem o rendimento que estão perdendo! E você, o que já fez em seus surtos criativos na madrugada?

Pronto, surtei com tanta opção!

Esse mundo cheio de long-tails está me deixando maluco!

 

2h escolhendo a imagem!

Duas horas escolhendo a imagem!

 

 

Existiu um tempo quando eu era muito feliz por fazer parte de uma categoria massificada.  Eu reclamava da falta de opções, precisa de informação? Leia a folha de São Paulo ou uma Veja! Entretenimento? Passa desenho de manhã, sessão da tarde e você ainda termina a noite com novela! Refrigerante? Manda uma cueca cuela aew que está tudo tranquilo! Infância Feliz.  Ai eu cresci e o final você decide! Afinal em um mundo de opções, sempre existe uma que combina com você!

 Não existe problema em ter escolha, mas sim na quantidade absurda que existe hoje em dia.  Nossos pais reclamam que somos indecisos,  precisa comentar algo?  Alguns casos são simples de se resolver, por exemplo, a lista de blogs que assino é gigantesca, assim como os podcasts. É só ir adicionando, sem critério!  Temos a impressão de que o problema está resolvido, entretanto estamos apenas adiando a decisão para um momento quando vamos estar com ainda mais opções! Se já estava difícil escolher quais dos 10 blogs eu iria ler, como a decisão se torna mais fácil com 1000 opções? Simples,  o tempo que você gastaria para ler você perde escolhendo o que ler.

E assim que o mundo gira, mais opções, mais tempo escolhendo o que fazer e menos tempo fazendo!  E você? Gasta mais tempo fazendo ou escolhendo?

Fernanda Young. Pronto, Surtei!

Existem diversas receitas para criar uma pessoa bomba. Cada um de nós sabe ou desconfia onde está o detonador do nosso adversário, mas ao contrário de fórmulas matemáticas e químicas a reação sempre tem resultados variados.

Adoro ver pessoas surtando. Sabe aquele momento quando você chega ao limite, está com toda razão e precisa explodir? Alguns partem para a agressão física, outros falam sem pensar enquanto um pequeno grupo de pessoas conseguem  sintetizar com poucas palavras toda sua raiva e vencer o duelo, deixando o adversário sem reação ou no mínimo abalado psicologicamente. Esse comercial poderia ser um belo exemplo deste último caso.

Apesar de não gostar de comerciais de depoimento este teve uma bela direção. Parabéns pela escolha agência Loducca.

 

Me formei. Pronto, surtei!

Fui nerd a vida inteira. Sabe, aquele gordinho, cdf com boas notas que sentia um prazer quase orgasmico por entender as coisas sozinho e saber programar o videocassete? Então, esse prazer por estudar estava ligado diretamente a outro, o prazer por ser avaliado. Você não pode imaginar como é delicioso receber uma nota boa e todos os bônus relacionados. 

Apesar de sempre reclamar que não tinha tempo para nada, só quando você tem tempo livre você percebe como é bom estar fazendo alguma coisa. Cansei de virar noites estudando e um dos ápices foi recentemente nos últimos períodos da faculdade ( sou publicitário) quando comecei a fazer estagio em período integral. Passava o dia criando, a tarde criando a noite na faculdade e a madrugada também criando. Conseguia cumprir os prazos e aguardava o tão sonhado dia quando eu finalmente teria algum tempo para fazer alo, finalmente, por mim. Sabe aqueles projetos de gaveta? Aprender a tocar um instrumento, ler livros, festar um monte, passar mais tempo com os amigos? Então, a data desses projetos ganharem vida chegou com a virada deste ano. Estou formado, trabalhando, com muito tempo livre mas e os projetos? Não consigo encontrar nada interessante para fazer… a vida é tão tediosa quando você não tem obrigações… e o tempo livre então, você começa a pensar sobre sua vida e isso é uma merda. Preciso de um vício, algo que me ocupe, me faça pensar e não parar no tempo. Alguma sugestão? Pronto, surtei!

Pronto, surtei! Criei um Blog!

Maluco? Talvez sim, talvez não, mas quem é você para julgar?  Apesar de fazer uma monografia sobre blogs e defender que eles são muito mais que um  simples diário virtual, é isso que eu vou fazer dele. Sabe aquelas coisas que você não confessa para ninguém, nem para os amigos mais íntimos? Então,  este blog vai servir para falar essas coisas, maluquices que surgem do nada, naquela hora em que você surta, perde a razão e não pode ou deve falar. Porque não dividir seus problemas com o mundo ao invés de guardá-los em sua bela caixa craniana? Bem, é isso, pronto, surtei!